Eis uma situação: “- Ufa! Depois de muito esforço, stress e entregas adiadas finalmente terminamos o projeto de BI.” Mas espera aí! Vamos ver, será que terminaram mesmo? Hmmm ainda falta uma coisa: O Aceite. Sentiu um frio na espinha agora?! Normal.

O aceite final é a carta de alforria!

Na maioria das vezes os projetos começam em festa e terminam em sangue, SE terminam e esse SE é bem grande. Segundo a Gartner de 70 a 80% dos projetos de BI falham, ou seja, não terminam, estouram prazo, custo, ou não são entregue os requisitos esperados. Separamos um bom guia para a Implantação:

  • 1.Planejamento.
  • 2.Gerencia do projeto.
  • 3.Levantamento dos requisitos.
  • 4.Desenho do Projeto.
  • 5.Construção ou Desenvolvimento.
  • 6.Pós-implantação (manutenção e monitoramento)

Ao implantar:

  • Se não atender aos requisitos, NÃO TENHA MEDO, adicione uma nova fase ao projeto
  • Fique atento à infraestrutura: se for mais lento que o atual eles voltarão para o Excel, fato.
  • Tenha certeza que o BI será usado.
  • Crie templates, exemplos, ou seja, desenhe. É bem mais fácil começar algo a partir de exemplos, esboços.

Pós Implantação: Lembre-se: O bom andamento da pós-implantação depende de itens bem acertados BA implantação do projeto. Se a implantação foi sucedida (bem ou mal), os próximos passos são:

1. Estratégia de Governança e Qualidade dos dados:

  • As informações precisam ser tratadas.
  • Muita atenção à Qualidade dos dados.
  • Regras de qualidade precisam ser definidas.
  • Cuidado com implantações nos sistemas legados.

2. Validação diária dos dados:

  • Monte processos de reconciliação.
  • Publique o resultado das conciliações para toda a comunidade de usuários.
  • NÃO deve haver dúvidas sobre a integridade dos dados.
  • Automatize a validação.
  • Se possível, crie métricas sobre a validação.

3.Determine “Donos”:

  • Crie o conceito de “Product Owner” – dono do produto para cada Data Mart criado ou mesmo para “Processo de Negócio”.
  • Os “donos” devem ser autoridade sobre novas implantações e modificações em seus processos de negócios.
  • Devem ser avisados de qualquer problema técnico.

4.Treinamento:

  • Não tem jeito, os usuário DEVEM ser treinados para usar o BI, senão continuarão usando planilhas e Access.
  • A TI deve ser treinada para responder às modificações necessárias do projeto.
  • Se possível e necessário tenha um programa de treinamentos para:
  • Novos funcionários
  • Filiais
  • Parceiros, etc.

5.Priorize!

  • Priorize a visão corporativa.
  • Cuidado ao modificar a estrutura do projeto.
  • Priorize a estabilidade do BI.

6. Novas Implantações:

  • O projeto não será estatístico.

7.Documentação:

  • SEMPRE documente, não lembramos o que fizemos a 3 meses.

8.Prepare-se para o crescimento:

  • O importante é sempre implementar em partes menores, pois corre se o risco de NUNCA implementar o projeto !

9.Foco no negócio, SEMPRE!

  • Projetos de BI são projetos de negócio, então: foco no negócio!
  • Cuidado ao priorizar tecnologia.
  • Cuidado com o “tecnês”

Lembrem sempre:

Gerenciar os requisitos e regras de negócio

Priorizar o corporativo

Manter as estruturas

Foco no negócio! As ferramentas são facilitadores da implantação!

 

Esperamos que tenham gostado da leitura.

Comentem, opinem, reclamem e elogiem – melhorar sempre!

 

Pós Implantacao de BI